11884679_10206959272192729_7038710594642021652_o

É oficial: o Rio respira Gastronomia (e da boa). Há tempos que a boa mesa é celebrada nos restaurantes, na rua, nos parques, nos estacionamentos dos shoppings e onde mais houver espaço para tanto. E que cheguem os pequenos produtos, as grandes redes, os microempresários e quem mais tiver vontade de mostrar o borogodó que o carioca tem. A foto acima foi feita no Rio Gastronomia, que ocupou o Jockey em agosto passado, com recorde de público.

**************

EVENTOS

Gastrobeer: A proposta é ter comida e bebida (com cervejas artesanais em destaque) para toda a família em um dos locais mais charmosos da cidade, a Quinta da Boa Vista. Aberto ao público de 10h às 19h, o encontro é na Alameda das Sapucaias.

Junta Local: Conhecido na cidade, o evento reúne pequenos produtores – de insumos a produtos finais – em diversos cantos da cidade. O espaço da vez é a Casa Glória, onde cinquenta expositores abrem o primeiro evento da primavera. No domingo, destaque para o lançamento do livro “O Terceiro Prato,” de Dan Barber, com bate-papo com o chef Rafael Costa e Silva (Lasai) e o produtor Marcelo Stumbo (Elemento Orgânico).

Sabores do Rio: O Clube Hebraica recebe pela segunda vez o evento de food trucks e shows, hoje e amanhã, das 11h30m às 21h. Estão confirmados quitutes e bebidas de Fornalha, Pilequinho, Casa da Picanha e Macho Gourmet (com hambúrgueres), entre outros.

FESTIVAIS

Kurt: A tradicional confeitaria do Leblon (são 73 anos de história) está sempre promovendo ações especiais com produtos já consagrados e novidades. Até o fim do mês, o espaço oferece o Festival Oktober Kurt, com doces alemães típicos como strudel de maçã (R$ 12, a fatia) e tortas para lá de conhecidas dos frequentadores, como a picada de abelha (R$ 11, a fatia) e a floresta negra (R$ 145, a pequena).

Rio Restaurant Week: O festival que acontece semestralmente na cidade, com menus especiais completos em diversas casas da cidade, termina no domingo (dia 18). Sou defensora da boa comida a preços justos, por isso sempre divulgo e prestigio o evento, que neste semestre foi bem menor do que o usual – apesar da crise que poderia ter feito os restaurantes investirem em atrair clientes. Apesar de lamentavelmente não haver uma casa sequer na Zona Norte da cidade, há boas pedidas, como o Gabbiano Al Mare, com menus de almoço e de jantar.

DICAS

Entretapas: Após anunciar o fechamento de sua maior unidade, em Ipanema, os sócios Jan Santos e Antonio Alcaraz investem em uma degustação de tapas (R$ 59, por pessoa), nas casas de Botafogo e do Jardim Botânico. Válida tanto no almoço quanto no jantar, em todos os dias da semana, a novidade propõe um passeio por alguns dos pratos dos menus, com pedidas que mudam periodicamente. Para harmonizar, vinho ou sangria em taça por 12 reais.

Food Park Carioca: Aberto na quinta-feira, dia 15, a iniciativa ocupa o estacionamento do supermercado Extra da Mariz e Barros, na Tijuca (aê!). A proposta é que food trucks, bikes e motos mudem com frequência, mas como acabou de me começar (e é o primeiro da cidade) o que vale mesmo é prestigiar quem está por lá no momento, como Gula Gula, La Calaca, Noi e Gelatolé. Com média de preço de R$ 20, o espaço funciona de segunda a quinta, das 12h às 22h; nas sextas e sábados, das 12h às 23h; e aos domingos das 9h às 21h.

Prosa na Cozinha: Depois de ficar em caráter experimental por alguns fins de semana, o almoço baiano da chef Ísis Rangel (ex-Siri Mole, ai ai) ganhou lugar cativo aos sábados e domingos no espaço, no Jardim Botânico. Além do acarajé delicioso (R$ 15), bobó de camarão ou moqueca de peixe são as pedidas para a refeição, que podem ser completadas com entradas e sobremesas típicas. Durante a semana, o almoço segue pelas mãos do chef Pedro Pecego, enquanto as noites são dedicadas a aulas e eventos. A agenda e os valores ficam disponíveis no site.

Anúncios